Estudo Espiritismo

A Incompreensão do plano terreno. Mensagem de Emmanuel de 1938.

Meus amigos, que Deus vos conceda paz.

É-me grata a vossa palestra a respeito dos nossos trabalhos. Esperemos e supliquemos a bêncão do Alto para nosso esforço. Dando seguimento aos nossos estudos, procuremos esforçar-nos por mostrar a verdadeira posição do Evangelho de Cristo, tanta vez incompreendido aí no mundo, em face das religiões e das filosofias terrenas.

Não deverá ser este um trabalho histórico. A história do mundo está compilada e feita. Nossa contribuição será à tese religiosa, elucidando a influência sagrada da fé e o asscendente spiritual, no curso de todas as civilizações terrestres. O livro do irmão Humberto foi a revelação da missão coletiva de um país, nosso esforço consistirá, tão-somente, em apontamentos à margem da tarefa de grandes missionários do mundo e dos povos que já desapareceram, esclarecendo a grandeza e a misericórdia do Divino Mestre. Vamos esperar os dias próximos, quando tentaremos realizar nossos planos humildes de trabalho. Que Deus conceda a todos tranquilidade e saúde, e a nós as possibilidades necessárias. Muitos vos agradeço o concurso de cada um no esforço geral, Trabalhemos na grande colmeia da evolução, sem outra preocupação que não seja a de bem servir àquele que, das Alturas, sabe de todas as nossas lutas e lágrimas. Confiemos nele. Do seu coração augusto e misericordioso parte a fonte da lua e da vida, da harmonia e da paz para todos os corações. Que ele vos abençõe.

Emmanuel

Mensagem recebida em 17/08/1938

Fonte: Livro A Caminhos da Luz (História da Civilização à Luz do Espiritismo.

Obra Psicografada por Francisco Cândido Xavier.

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. […] A Incompreensão do plano terreno. Mensagem de Emmanuel de 1938. […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *