Peixes,Sem categoria

Personalidade de Peixes!

São os mais bonzinhos do zodíaco?

Vamos entender melhor a personalidade dos piscianos.

Eles fazem parte do elemento água, nascidos do dia 19 de Fevereiro a 20 de março. Considerado o signo mais sonhador do zodíaco, e para alguns o mais romântico, mas não é exatamente isso, na verdade temos que entender que conforme o dia e horário de nascimento cada um tem seu mapa astral e a partir dele que definimos quem somos, quais nossas atitudes em relação a vários âmbitos das nossas vidas.

No casos dos signos do elemento água, eles costumam ser mais emocionais, apaixonados, calmos em certas situações, gostam da sensibilidade, do carinho, afeto, costumam ser bem família.

Na vida financeira são dos mais econômicos, são bons poupadores mas menos desapegados com a vida material, eles preferem mais ter a vida tranquila em uma casinha de sapê com o amor da vida deles, digamos que meio tema de novela sabe?

No amor costumam ser mais sérios, levam a coisa a sério, se apaixonam facilmente e não buscam por aventuras, desde que tenham sua Vênus também em peixes a coisa é mais intensa ainda, chegando ser um pouquinho grudezinho demais, se você busca aventuras, não se envolva com peixes, eles não são para diversões sem compromisso.

Nas amizades são grandes parceiros, sensíveis e prestativos, estão sempre dispostos a ajudar, são bons ouvintes.

Na família são muito cuidadosos, zelosos, preferem e trocam facilmente uma balada para estar próximo dos seus e cuidar como sempre, gostam de viajar, de estar em festas de família.

No trabalho eles em sua maioria são muito profissionais, buscam sempre a seriedade, o trabalho em equipe para eles não é problema algum, mas um detalhe a se observar nos piscianos é que gostam de criar raízes por onde passam e no trabalho não é diferente, pode perceber, os piscianos normalmente trabalham por anos na mesma empresa, ou até mesmo trabalham em duas empresas a vida toda e se aposentam, algo que para outros signos é um absurdo. Eles se adaptam muito bem a rotina.

Texto: Michele Luz

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *