Aquário

Personalidade do Signo de Aquário.

Os grandes visionários.

Vamos entender melhor a personalidade dos aquarianos.

Eles fazem parte do elemento ar, nascidos do dia 21 de Janeiro a 19 de fevereiro. Considerado o signo mais visionário do zodíaco, e para alguns o mais focado, mais rebelde, mas não é exatamente isso, na verdade temos que entender que conforme o dia e horário de nascimento cada um tem seu mapa astral e a partir dele que definimos quem somos, quais nossas atitudes em relação a vários âmbitos das nossas vidas.

Nos casos dos signos do elemento ar, eles costumam ser mais questionadores, pé no chão, não levam desaforo para casa, são criativos, inteligentíssimos, comunicativos e independentes até demais.

Na vida financeira são bem analíticos, gostam de economizar, mas preferem analisar onde irão gastar, mas não são apegados com dinheiro, eles sabem quando usar, como usar e com quem usar, mas dependendo do mapa astral de cada um eles podem ter vertentes onde se apresentam mais gastões.

No amor costumam ser da galera da liberdade, sem muito apego, gostam muito de fazer surpresas e receber, não curtem muito rotina, para assumir um relacionamento eles demoram um pouco, precisam primeiro ganhar liberdade para depois levar o relacionamento a sério.

Nas amizades são considerados o signo da galera, costumam ser os mais parceiros, companheiros e também os que mais acolhem à todos, eles valorizam muito os laços de amizades.

Na família são autoritários, gostam de manter tudo sob seu controle, estão sempre a frente de tudo independente se são homens ou mulheres, tomam a atitude para situações adversas e decisões importantes, são amorosos do jeito deles, mas sem muito apego, sem muito carinho de fato.

No trabalho gostam de atuações onde podem agir com originalidade, por serem visionários sempre são solicitados para novos projetos, novas parcerias, são de certa forma individualistas e tem digamos um certo receio de delegar tarefas, preferem eles mesmos fazerem, de certa forma se sobrecarregam por não confiar que outra pessoa pode fazer o que ele sabe fazer com perfeição.

Texto: Michele Luz

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *