Reflexões,Relacionamentos

Seu relacionamento é um sapato apertado?

Isso mesmo! Já parou para pensar nisso? Não é um conto de fadas e sim a realidade!

Eu sei! Ela dói e muitas vezes você arruma um milhão de desculpas para justificar o que vem acontecendo para tentar de alguma forma eximir a culpa que deve sentir ou mesmo o peso de estar aceitando o que você vem passando.

Vamos lá! Vou explicar melhor o que seria o sapato apertado.

Vamos imaginar uma situação em que você tem pés para calçar sapatos em tamanho 35 e por qualquer outro motivo, você criou na sua cabeça que o 33 vai servir, que você vai conseguir calçá-lo, que ele será algo que vai mudar com o tempo o formato e vai servir. Mas imagine isso em um relacionamento?

Você está há tempos tentando encaixar sua vida em algo que não cabe para você, você sabe que este “sapato” vai apertar, sendo menor do que seu pé, ele vai deixar o calcanhar para fora, ele vai formar bolhas que irão machucar e doer muito que depois será até difícil você conseguir colocar outro calçado. Entendem onde quero chegar?

Você está se desdobrando em um relacionamento que não cabe mais para sua vida, está se virando em mil para tentar fazer dar certo, lutando todos os dias, fazendo coisas diferentes, tentando agradar, em alguns casos pode acontecer até de você estar buscando alternativas, terapias, pessoas que estão voltadas para relacionamento para tentar entender onde você errou, mas muitas vezes o erro não está em você.

Muitas vezes nos culpamos por certas situações no relacionamento, mas é uma vida a dois, precisam de duas pessoas lutando para dar certo, e quando isso não acontece o primeiro passo é retomar o diálogo, mas e quando não existe diálogo, aí sim a coisa fica bem difícil, porque sem diálogo não existe relação. E sem relação é exatamente a questão do sapato com número menor que seu pé, como se manter em algo que você não pode falar?

Não pode dizer o que sente?

Como seguir assim?

Muitas irão ler este texto e negar que vivenciam isso, que só vivenciam um pouquinho, mas lá no fundo sabem que sofrem, sabem que essa relação acabou, e que neste momento o que precisa fazer é não tentar colocar o sapato apertado, não tentar encaixar no pé o que vai te machucar, você já sabe que isso vai acontecer, e pior quando envolve agressões físicas ou psicológicas.

Por isso! Reflita! Não se culpe, mas reflita e coloque na balança sobre o que é melhor para você?

Busque sempre colocar você em primeiro plano.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *